quinta-feira, 3 de setembro de 2009

A fila NÃO anda


Todos nós odiamos pegar fila. Seja a do banco, a do pão, a do bilhete único, a do INSS, a da Gucci em abertura da liquidação (Mentira), a do caixa da Zara (Verdade), da bilheteria do estádio, da entrada do show da Madonna, e por aí vai. Mas esta semana, peguei uma fila pra recarregar meu bilhete único que, de tão longa, despertou minha ânsia de filosofia e por meio dela, obtive inspiração para escrever este post....
Percebi que não é exatamente a fila que irrita, e sim a falta de noção das pessoas presentes nela, pois, se não houvesse a falta de noção, a fila (?) ANDARIA (!). OMG! Nayana, Explica! OK. Tópicos Hey Ho ?


- O simpático: Esta é a vertente que mais me irrita. Pois ele chega e já comenta com a pessoa da frente sobre o tamanho da fila, aí ela dá um sorriso amarelo tipo "so what?" e ele passa pra pessoa de trás. Nisso, a de trás também é simpática e eles passam a papear, até que atrás deles já se formou uma grande fila e existe um buraco enorme da pessoa da frente que já deu uns 5 passos e ele, tão entretido no papo ali, permanece parado SUSSA, empacando nossa vida. E quando ele chega no caixa, quer ser melhor amigo da mocinha que atende. Sem comentários.


- O cansado: Ele odeia a vida, está de saco cheio voltando do trabalho, ou puto por estar a caminho dele. Então tudo o que ele faz é com cara de cu, e em macha absurdamente lenta. E quando a fila anda, ele olha pro lado....aí olha pra cima....aí olha pra frente, vê que tem um buraco na frente dele e pessoas atrás o encarando com cara de "e aí meu?", aí ele faz uma cara de "putz que saco, vou ter que andar", aí bufando dá um passo, e pára. Aí tipo, continua um buraco ali na frente que dá pra ser ocupado tranquilamente...mas não; é too much pra ele, então o resto da fila que supere.


- O idoso: Ele tem preferência, ele anda devagar, ele não enxerga direito, ele não sabe quantas moedas tem mas quer se livrar de todas, e além de tudo é simpático e tem tempo. Sem mais.


- O turista: Ele faz perguntas à atendente. Quanto mais perguntas ela responde, mais perguntas ele faz. Aí quando ele finalmente decide ir, ele lembra de uma outra pergunta, volta e te pede licença pra falar com ela só mais uma coisinha. (FDP)


- O indignado: Ele cisma numa coisa e vai até o fim. "Mas o esquema não era esse". "Era sim senhor, sempre foi assim senhor", "Não era! O cartão deve estar com algum problema!". E a fila aumentando la atrás.


- O prevenido: Ele tem 3 cartões, o normal, o de estudante e o múltiplo, aí ele quer carregar todos sempre. Ele é 3 pessoas em uma. Ele empaca nossa vida pra facilitar a dele. (FDP)


- O tarado: Simples. Ele te mede de cima a baixo o tempo todo e esquece de andar.



De certo esqueci alguns tipos. Você pode complementar também. Quem te irrita na fila?? HUNF


Take care, pípol =****

3 comentários:

Casa de Colmeia disse...

fia,
trabaiá em loja de luxo em tempos de liquidação é uó total...os travecão na fila da gucci pra comprar sapato bombavam..caaaara,só dava eles pq os únicos pares que sobravam era 40 e 41...kkkkk...bons tempos,bons tempos....era muito divertido...
bjocas

Hannah Sá disse...

Perahew, isso é Recife, né?
Céus isso é pra carregar o vem? (saquei que não, mas é pra dar o clima dramático) O_O vou morrer, tenho que fazer isso no final do mês...

Cris disse...

Odeio final de ano. Creio que não libera nenhum "espírito natalino" e sim o "espírito de porco". TODA fila que eu pego nesses tempos sempre tem um folgado ou folgada querendo furar fila...Eu que sou pouco barraqueira, nunca deixo barato e deixo a pessoa incrivelmente constrangida..."Se sua mãe não te deu educação, pode deixar que eu resolvo isso para vc de forma autoritária".
Beijos,
Ginny